NEWSLETTER

Email:
Telefone:
 

ENQUETE

(Abril/2017) Qual o seu interesse neste site?

Sou hidroponista, busco mais conhecimento na área

Sou produtor convencional, quero migrar para a Hidroponia

Sou empresário/fornecedor, quero investir no setor

Sou consumidor, quero informações

Outro objetivo? Comente pelo e-mail redacao@revistahidroponia.com.br
















































































NOTÍCIAS


Frutas 5% maiores com o uso de 30% menos água

Sistema semi-hidropônico desenvolvido na Espanha aumenta a produtividade de culturas como a nectarina

10/07/2017


A fruticultura está movendo-se para os benefícios já comprovados do cultivo semi-hidropônico na produção de hortaliças e frutas. Em parceria com o Instituto Valenciano de Pesquisa Agrícola (IVIA), o Grupo Prohjar, da Espanha, desenvolveu a tecnologia de cultivo semi-hidropônica Fruitponic, que permite aumentar em 5% o peso das frutas em culturas como a nectarina usando 30% menos de água.

A solução, que foi registrada com a marca Fruitponic no Escritório Espanhol de Patentes e Marcas, é um sistema que incorpora slabs com um substrato especial para aonde as raízes das árvores de fruto são dirigidas e permite melhorar o seu desenvolvimento em condições de escassez de água ou baixa fertilidade do solo. O sistema se adapta para o crescimento das raízes e, se os slabs forem removidos, a árvore não sofrerá nenhum dano, porque não é dependente do substrato.

Em um período de três meses, o slab começa a ser colonizado de modo que, dentro de três anos, entre 15% e 30% das raízes ocuparão a bolsa de cultivo. Isso possibilita um aumento da produção com incremento médio do peso da fruta em 5%. O que implica em um aumento do valor comercial da fruta entre 10% e 30%.

A diretora de Marketing do Grupo Projar, Alejandra Pintos, afirma que a solução é adequada para grandes empresários rurais, produtores de frutas que enfrentam problemas de falta de água, terras improdutivas ou falta de homogeneidade no desenvolvimento de frutas pelas condições do solo. “Ele permite que as raízes se desenvolvam em um meio de cultura adequado, aonde a absorção de água e nutrientes é facilitada e também permite rendimentos mais elevados na produção”, explica.

O gerente de Projetos do Grupo Projar, Vicente Franch, salienta que a solução semi-hidropônica melhorou o estado hídrico das árvores em várias fases do ciclo de cultivo durante os ensaios realizados no IVIA. “O sistema Fruitponic é uma tecnologia de cultivo que concentra as raízes acidentais em um meio de cultivo idôneo, e facilita a absorção de água e nutrientes”, sublinha. “Neste sentido, o Grupo Projar contribui com seus mais de 30 anos de experiência no cultivo hidropônico e seu know how, para oferecer uma solução integral ao agricultor o sistema e seu manejo”, acrescenta Franch.

A empresa já trabalha em vários países da América Latina, Espanha, Portugal, Canadá e Tunísia, entre outros, com produtos à base de fibra de coco no segmento de hortaliça com slabs individuais de Hidroponia para tomate, pimentão, abobrinha, berinjela ou morango, cuja vantagem é isolar a planta individualmente para disponibilizar os nutrientes necessários e limitar a disseminação de doenças.

            



NOTÍCIAS RELACIONADAS